sexta-feira, 8 de junho de 2012

James Dean, o baixinho

Quando foi para a Califórnia James Dean tinha um sonho de se tornar ator de teatro. Ele foi para o novo Estado, saindo da caipira Fairmount, Indiana, com a intenção de estudar na universidade. Pelo menos essa era a intenção do pai de Dean. Na realidade ele não via qualquer futuro na profissão de ator e sempre desencorajava Dean a seguir por esse caminho.

Os primeiros meses de James Dean na Universidade não foram nada promissores. Ele não se deu bem com colegas e professores e logo achou tudo muito maçante e tedioso. Chegou a ser expulso da fraternidade que fazia parte após brigar com um dos colegas. Embora estivesse estudando direito o que Dean gostava mesmo era de frequentar o campus de artes - onde grupos de estudantes ensaiavam peças ao ar livre.

Sem falar para ninguém um dia James Dean começou a ir a testes de atores para peças e filmes. Ele achava sinceramente que logo iria ser descoberto pelos agentes e estúdios de Hollywood. Chegou inclusive a procurar um agente que o ajudasse a despontar. Porém o que efetivamente encontrou foram muitas portas fechadas em sua cara! Nos testes não se saiu nada bem. Dean não tinha muitos modos finos e não conseguia convencer os selecionadores. Em vários testes sua pouca estatura tornou-se um empecilho. Com 1.72m Dean foi sendo recusado teste após teste.

Alguns eram rudes com ele e deixavam claro que ele era baixinho demais para os personagens. Lutando muito e persistindo Dean acabou conseguindo fazer algumas figurações em "Baionetas Caladas" e depois em um filme de Jerry Lewis e Dean Martin, "O Marujo foi na Onda". Desiludido certa noite ouviu um conselho muito interessante de um professor. "Dean, deixe isso de lado, vá para Nova Iorque e aprenda a ser um ator de verdade!". No outro dia James Dean arrumou as malas, juntou os 300 dólares que tinha (a única grana que possuía naquele momento) e rumou para a big Apple. O que encontrou por lá? Bem, essa é uma outra história...

Pablo Aluísio. 

Um comentário:

  1. Cinema Clássico - Pablo Aluísio
    James Dean, o Baixinho
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir