quarta-feira, 20 de junho de 2012

Palavras ao Vento

Título no Brasil: Palavras ao Vento
Título Original: Written on the Wind
Ano de Produção: 1956
País: Estados Unidos
Estúdio: Universal Pictures
Direção: Douglas Sirk
Roteiro: George Zuckerman, Robert Wilder
Elenco: Rock Hudson, Robert Stack, Lauren Bacall, Dorothy Malone
  
Sinopse:
Texas, década de 1950. Uma poderosa família, dona de poços de petróleo da região, enfrenta todos os tipos de problemas familiares. Kyle Hadley (Robert Stack) é um sujeito irresponsável, com problemas de alcoolismo, sempre se envolvendo em situações constrangedoras para sua família. Lucy Moore Hadley (Lauren Bacall) é uma mulher indecisa, com muitos problemas emocionais. Já Mitch Wayne (Rock Hudson) é um jovem comprometido com seu trabalho, desejando subir na vida. Filme vencedor do Oscar na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante (Dorothy Malone). Também indicado na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Robert Stack) e Melhor Música ("Written on the Wind" de Victor Young).

Comentários:
O ator Rock Hudson e o cineasta Douglas Sirk fizeram excelentes filmes juntos. Foi inclusive Sirk o primeiro a dar uma real oportunidade para Rock no cinema, isso quando ele sequer era muito conhecido do grande público. Esse "Palavras ao Vento" sempre é muito lembrado quando se trata dessa dupla. Douglas Sirk tinha fama de dirigir seus filmes com a mão pesada, transformando muitos deles em tremendos dramalhões. Bem, isso não acontece tanto aqui - pelo menos não é dos seus trabalhos mais melodramáticos. O roteiro obviamente traz uma série de intrigas envolvendo traições, amores impossíveis e relações familiares escandalosas. Mesmo com tantos ingredientes pesados achei o resultado final muito bom, nada cansativo. Embora seja estrelado por Rock Hudson no auge de sua popularidade, é fácil constatar que aqui ele ficou em segundo plano em cena. Isso porque ninguém consegue brilhar mais no filme do que o ator Robert Stack. Além de seu personagem ser muito bom (um playboy com problemas de alcoolismo e irresponsável), Stack dá show em todos os momentos em que aparece, ofuscando completamente a estrela do galã Rock Hudson. Em segundos ele vai da fúria ao arrependimento, da infantilidade à maldade. Confesso que nunca tinha assistido nada dele nesse nível. Aliás o conhecia mais pelo papel de Eliot Ness no seriado televisivo "Os Intocáveis" (que passou há muitos anos nos domingos à noite na Rede Globo). Aqui Stack mostra que realmente era ótimo ator quando contava com um bom roteiro, pois seu personagem em nada lembra o famoso policial que o tornou mais conhecido. Por fim mais uma coisa me fez gostar muito de "Palavras ao Vento": seu maravilhoso clima vintage e nostálgico. Filmado em plenos anos 1950 (minha década preferida), o filme desfila em sua bela produção grandes carrões da época, ótimos figurinos e até jukeboxes que se tornaram verdadeiras marcas registradas daqueles anos distantes, tudo o que eu definitivamente gosto muito. Então é isso, para quem gosta de clássicos dramáticos "Palavras ao Vento" é uma ótima opção.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.


Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 8.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir