sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Simbad e o Olho do Tigre

Para muitos "Simbad e o Olho do Tigre" é a obra prima da carreira do mestre Ray Harryhausen. Aqui ele não se contentou apenas em criar seus famosos e charmosos efeitos especiais mas também produziu a fita e escreveu o roteiro. O enredo traz de volta às telas o simpático personagem Simbad, o Marujo das Mil e Uma Noites. Nessa aventura ele tentará reverter o feitiço de um bruxa de magia negra que transformou um príncipe prestes a se tornar califa em um macaco babuíno. E é justamente esse o primeiro personagem criado por  Ray Harryhausen a impressionar em cena. Extremamente bem feito o animal tem atos e gestos humanos, chegando inclusive ao ponto de jogar xadrez a bordo do navio de Simbad. O melhor é que ele é apenas um numa extensa galeria de criaturas criadas por Ray Harryhausen a surgirem em cena. Logo nos primeiros minutos de filme três demônios aparecem em uma fogueira para lutar contra Simbad. A cena lembra muito outro momento memorável da carreira de Harryhausen em "Jasão e o Velo de Ouro" quando esqueletos lutam contra guerreiros numa Grécia devastada. Em "Simbad e o Olho do Tigre" ainda há espaço para o ataque da Morsa Gigante (em uma excelente cena passada em terras gélidas) e o surgimento do Troglodita (um ancestral do homem que ajuda os heróis a entrarem em um antigo templo).

Mas não é só, ainda temos a presença do Minotan, um Minotauro em Ouro que ajuda a feiticeira a perseguir Simbad e seu grupo. E como esquecer a ótima luta final entre o Troglodita e o Tigre Dentes de Sabre, o guardião dos raios do Deus Apolo? Como se pode perceber é uma aventura das Mil e Uma Noites com tudo o que se tem direito: aventura, magia, criaturas mágicas e muita diversão. O filme marcou muito o público brasileiro porque foi campeão de reprises na Sessão da Tarde na década de 80. Aliás todos os filmes de Simbad eram adorados pela garotada da época. Nesse nicho de monstros em aventuras infanto juvenis realmente ninguém conseguiu brilhar mais do que Ray Harryhausen. Suas técnicas e seus efeitos até hoje são marcantes. Seu talento para desenhar o design das criaturas também era simplesmente genial. Depois dessa aventura de Simbad ele se consagraria definitivamente com Fúria de Titãs, um marco do cinema na época. Mas essa história contaremos depois, em outra oportunidade! Por enquanto fica a dica, "Simbad e o Olho do Tigre", um clássico dos filmes de aventuras que até hoje diverte e empolga. Uma obra prima de Ray Harryhausen!


Simbad e o Olho do Tigre (Sinbad and the Eye of the Tiger, EUA, 1977) Direção: Sam Wanamaker / Roteiro: Ray Harryhausen, Beverley Cross / Elenco: Patrick Wayne, Taryn Power, Margaret Whiting, Jane Seymour / Sinopse: O marinheiro Simbad (Patrick Wayne) parte em uma nova aventura para buscar a cura do feitiço que foi colocado em seu amigo, o jovem príncipe Kassin que agora transformado em um macaco babuíno não consegue mais se tornar o califa de sua região. No caminho Simbad enfrentará muitos desafios como monstros e criaturas mágicas que tentarão de tudo para impedir que ele consiga alcançar seus objetivos.

Pablo Aluísio e  Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.8

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir