segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

O Destino Bate à Sua Porta

A grande maioria dos cinéfilos conhece essa estória através do remake que foi feito muitos anos depois com Jack Nicholson e Jessica Lange. Esse aqui é o filme original mostrando a trama de assassinato orquestrada por dois amantes contra o marido mais velho da garota. Na trama somos apresentados a um vagabundo errante, Frank Chambers (John Garfield), que chega até uma lanchonete de beira de estrada numa cidadezinha da Califórnia. O pequeno estabelecimento é tocado por Nick (Cecil Kellaway) e sua jovem esposa, a bela Cora (Lana Turner). Logo Frank cai nas graças de Nick e este o contrata para trabalhar no local. Não demora muito para que Frank e Cora se sintam atraídos um pelo outro. A partir daí tudo caminha para um desfecho trágico pois o casal de amantes começa a planejar um jeito de liquidar Nick para continuarem juntos sem o velho marido que agora se tornou um estorvo na vida deles. O roteiro chama atenção pela sordidez dos eventos. O casal age de forma natural mas planeja um assassinato com raro sangue frio. A personagem de Lana Turner (belíssima em cena) não parece ter maiores conflitos pelo que está fazendo, aliás é justamente ela que concebe a idéia e passa para o amante Frank Chambers. No fundo ela está de olho não apenas na lanchonete do marido mas também em um rico seguro de vida no nome dele (algo que negará depois).

A produção é a primeira em língua inglesa baseada no livro que lhe deu origem, escrito pelo autor James M. Cain. Hollywood só se interessou pela estória após ela ter sido filmada duas vezes, uma na França e outra na Itália. Esse pode ser considerado o primeiro grande papel de expressão de Lana Turner. Antes desse personagem amoral, Cora, ela apenas passeava sua beleza em cena sem grandes interpretações a tiracolo. Como era uma starlet apenas tirava proveito de sua beleza e nada mais. Aqui porém já foi exigida bem mais em seu papel, tanto que ganhou grandes elogios da crítica na época. Outro que também está muito bem é John Garfield, em um papel que ficaria melhor com Jack Nicholson décadas depois. A caracterização de Jack é muito mais rica pois expõe os motivos de Frank Chambers com mais intensidade. Na pele de Garfield não conseguimos entender muito bem suas motivações para um crime tão bárbaro. Em conclusão diria que "O Destino Bate à Sua Porta" vale por um direção segura e pela bela atuação de Lana Turner mas a despeito de tudo isso não consegue ser superior à versão de Bob Rafelson em um caso raro de remake superior ao original.

O Destino Bate à Sua Porta (The Postman Always Rings Twice. EUA, 1946) Direção: Tay Garmett / Roteiro: Harry Huskin, Niven Busch baseados no livro de James M. Cain / Elenco: Lana Turner, John Garfield, Cecil Kellaway / Sinopse: Jovem esposa com seu amante planejam a morte de seu marido mais velho para herdar sua lanchonete e um seguro de vida de 10 mil dólares.

Pablo Aluísio.

7 comentários:

  1. Olá! Adorei seu blog, muito criativo! John Garfield era um excelente ator, gosto demais de sua performance em "Força do Mal".
    Também tenho um blog sobre cinema clássico e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelos elogios Lê!
    De fato Garfield foi um dos atores mais marcantes em Hollywood durante sua era de ouro. Infelizmente também foi um dos mais subestimados. Conferi seu blog, parabéns pelos textos. Sucesso!

    Abraços,
    Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir
  3. Grande noir. Um dos meus favoritos.
    Feliz 2013, Pablo. E viva o cinema!

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  4. Também está na minha lista de favoritos. Em breve pretendo rever o remake com Jack Nicholson. E viva o cinema, sempre! Abraços, Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que blog lindo! Acabei de descobrir!
    Parabéns, viu!
    Um abraço
    Dani

    Ah, conheça o meu, se quiser:
    www.telaprateada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelos elogios Daniele, que bom que você gostou! Continue acompanhando as atualizações e parabéns pelo seu blog. Sucesso colega. Abraços, Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir
  7. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.9

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir