quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Os Desajustados

Este foi o último filme completo da Marilyn. Ela ainda chegou a iniciar as filmagens de "Something s Got To Give" ao lado de Dean Martin mas o filme não foi concluído. Seus atrasos, faltas e confusões no set fizeram com que a Fox a despedisse no meio da produção. Pouco tempo depois, pressionada, abandonada e depressiva veio a encontrar sua morte em um quarto solitário de sua casa. Assim Os Desajustados se tornou seu último momento no cinema. Eu acho um filme triste, melancólico e depressivo até. Afirmam algumas biografias da estrela que Arthur Miller escreveu o conto que deu origem ao filme inspirado justamente na sua vida com a Marilyn. Os excessos da vida da atriz aparecem na tela, apesar de Marilyn Monroe ainda aparecer linda nas cenas, ela está bem acima do peso e abatida. Muitas vezes a atriz surge em cena com o olhar perdido no horizonte, sem convicção. Fisicamente ela também mostra sinais de desgaste. Numa cena de praia, por exemplo, em que ela aparece de biquíni a atriz exibe uma barriguinha bem saliente.

As brigas com o marido no set também foram constantes. Em certa ocasião deixou Arthur Miller abandonado no meio do deserto (onde o filme estava sendo filmado) se recusando a deixá-lo entrar em seu carro. O diretor John Huston teve então que voltar para ir pegá-lo, caso contrário morreria naquele lugar seco e inóspito. Marilyn também continuava com seu medo irracional dos sets de filmagens. Antes de entrar em cena ela ficava nervosa, em pânico. Errava muito suas falas e fazia o resto do elenco perder a paciência com suas atitudes. Seu medo de atuar nunca havia desaparecido mesmo após tantos anos de carreira. Interessante é que apesar de Marilyn não sair das revistas e jornais por causa dos acontecimentos ocorridos nas filmagens o filme não conseguiu fazer sucesso o que é uma surpresa e tanto pelo elenco estelar e pela publicidade extra que recebeu dos tablóides. Muitos atribuem o fracasso ao próprio texto de Arthur Miller que não tinha foco e nem uma boa dramaturgia. Aliás desde que se casou com Marilyn o autor parecia ter perdido o toque para bons textos. Tudo soava sem inspiração, sem talento. "Os Desajustados" também foi a última produção com o mito Clark Gable. Envelhecido e decadente sofreu bastante com os problemas do filme, o levando a um esgotamento físico e mental, vindo a falecer pouco depois. Acusada de ter contribuído para o colapso de Gable, Marilyn sentiu-se culpada e ganhou mais um motivo para sua depressão crônica. De qualquer forma só pelo fato de "Os Desajustados" ter sido o último filme de Monroe e Gable já vale sua existência. Não é tecnicamente um excelente filme mas está na história do cinema pelo que representou na vida de todos esses grandes mitos que fizeram parte de sua realização.


Os Desajustados (The Misfits, EUA, 1960) / Direção de John Huston / Elenco: Clark Gable, Marilyn Monroe, Montgomery Clift, Thelma Ritter, Eli Wallach / Sinopse: Roslyn Taber (Marilyn Monroe) é uma mulher sensível, que está se divorciando. Gay Langland (Clark Gable) e um cowboy frio, que passou a vida pegando cavalos e mulheres divorciadas. Ela não aceita a captura de cavalos selvagens para virarem comida de cachorro, enquanto que ele não vê nada demais. No meio de tudo isto nasce uma paixão entre os dois.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu

5 comentários:

  1. Engraçado que eu achei a Marilyn muito boa atriz neste filme, assim como a Brigite Bardott em E Deus Criou a Mulher. Esses dois filme tem em comum a moral pouco ortodoxa e parece que isso liberta os atores para se expressarem com mais verdade.

    ResponderExcluir
  2. Oi amigo Pablo. Eu gostei desse filme. Mas preciso rever. Sou suspeito em falar da Mariyn, adoro ela. Realmente você disse tudo. O filme está na história do cinema, só pelo fato de ser o último filme de Marilyn e Gable já vale sua existência. Gable aliás que ela queria como um pai. Mesmo abatida, ela aparece linda no filme. Tem umas fotos tiradas no set de filmagem, ela está sorridente, tão linda, tão sensual. Vida Longa a Marilyn.
    Baratta

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Serge: Marilyn estava passando por um período muito complicado quando fez esse filme. Ela queria muito ser mãe mas jamais conseguiu. Quando as filmagens começaram ela teve um aborto e isso a deixou mais abatida. De uma maneira indireta acabou ajudando na caracterização de sua personagem.

    Baratta: Também sou grande fã de Marilyn, não apenas do mito mas também da atriz. Concordo plenamente com você, afinal não é pouca coisa ser a última produção de Marilyn e Gable. De fato temos aqui um filme que entrou para a história do cinema.

    Abraços amigos,
    Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir
  5. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.6

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir