sábado, 7 de setembro de 2013

O Inferno é Para os Heróis

O ator Steve McQueen foi um dos grandes ídolos do cinema de ação das décadas de 1960 e 1970. Aqui temos um filme de guerra estrelado por ele, uma produção que caiu no esquecimento apesar de sua boa qualidade. O cenário é a Europa devastada pela Segunda Guerra Mundial. Nele um pequeno grupo de soldados americanos é deixado para trás pelo exército para manter uma posição em que eles estão em menor número frente ao inimigo. Para tanto precisam convencer as tropas alemãs de que são bem mais numerosos do que realmente são. A linha de combate é ampla e cobre um grande território mas os americanos se mostram firmes em defender sua posição. O roteiro explora muito bem a crueza do chamado combate corpo a corpo. Há boas cenas envolvendo um grupo avançado cujo objetivo é destruir uma casamata fortemente armada e defendida pelas tropas nazistas.

Um dos aspectos que mais chamam a atenção em "O Inferno é Para os Heróis" é sua crueza e até mesmo frieza. O diretor Don Siegel optou por uma linha mais realista, deixando de lado toda a patriotada que caracterizou muitos filmes de guerra no apogeu de Hollywood. O clima é de leve desesperança, melancolia até, em um mundo destruído, em ruínas. O personagem de Steve McQueen passa longe de ser um herói romântico ou algo parecido. Para impactar ainda mais nesse aspecto o filme tem uma fotografia preto e branco bem mais escura do que o normal, enfatizando o clima de opressão e conflito que impera em toda a fita. Outro ponto de destaque vem no elenco de apoio.  Bobby Darin, cantor popular na época, principalmente cantando doces baladas românticas, encara um papel completamente diferente em sua carreira. Já Nick Adams, da turma de James Dean e grande amigo pessoal de Elvis Presley, tem pequeno papel mas que no final se mostra bem relevante. Por fim James Coburn, com toda a sua competência habitual, acrescenta bastante ao filme interpretando um coronel durão. Enfim, se você gosta de bons filmes sobre a Segunda Guerra "O Inferno É Para os Heróis" pode se tornar uma ótima pedida para o fim de semana.


O Inferno é Para os Heróis (Hell Is for Heroes, EUA, 1962) Direção: Don Siegel / Roteiro: Richard Carr, Robert Pirosh / Elenco: Steve McQueen, Bobby Darin, James Coburn, Nick Adams, Bob Newhart, Fess Parker / Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial um pequeno grupo de soldados americanos tenta manter de todas as formas sua linha de defesa contra as tropas alemãs, mesmo estando em menor número.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

3 comentários:

  1. Pablo, my old sport, você se esqueceu da resenha do Thomas Crown?

    Você foi falar de Steve Mcqueen eu me lembri.

    ResponderExcluir
  2. Não esqueci Serge. Essa semana foi uma correria pra mim pois mudei de pc, ou seja, tive que voltar a instalar todos os programas, fazer backup etc. Mas prometo que verei e depois escreverei uma resenha sobre o filme. Esse aqui de cima assisti há pelo menos dois anos. Sempre fui fã do Steve McQueen. Pablo Aluísio

    ResponderExcluir
  3. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir