domingo, 27 de abril de 2014

Quero-te Como És

Título no Brasil: Quero-te Como És
Título Original: Honky Tonk
Ano de Produção: 1941
País: Estados Unidos
Estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer
Direção: Jack Conway
Roteiro: Marguerite Roberts, John Sanford
Elenco: Clark Gable, Lana Turner, Frank Morgan

Sinopse:
'Candy' Johnson (Gable) é um sujeito durão que não foge de um duelo ou de um acerto de contas. Ele se orgulha de nunca ter dado para trás em uma briga em sua vida. Depois de algum tempo ele decide rumar em direção ao oeste em busca de novas oportunidades e lá conhece a bela, mas também geniosa, Elizabeth Cotton (Lana Turner). O choque de personalidades entre eles acaba fazendo brotar um grande amor! Agora o durão terá que se render aos caprichos de sua amada loira!

Comentários:
Lana Turner (1921 - 1995) foi uma das maiores divas da história do cinema americano. Extremamente popular e carismática ela conseguiu romper várias barreiras, inclusive salariais, quando exigiu um tratamento igual aos grandes ídolos masculinos da época. Na Metro-Goldwyn-Mayer Lana Turner teve uma fase de ouro, colecionando sucessos em produções brilhantes e que geravam milhões de dólares em bilheteria. Ela aqui teve a oportunidade de contracenar com um dos grandes galãs da época, Clark Gable, que não se furtava em arrombar uma porta para ir correr em direção aos braços de sua amada (uma cena com alto teor erótico para aqueles tempos, é bom frisar). Por falar em sensualidade o diretor Jack Conway não se fez de rogado, explorando as imagens sensuais de sua dupla central de atores. Clark Gable surge sem camisa, suado e mostrando muita excitação em relação à sua garota! Já Lana Turner, por exemplo, tem várias cenas sensuais em sua cama, usando e abusando de sua sensualidade ao mexer em sua meia-calça a todo tempo (um velho fetiche muito popular entre os americanos). No geral é uma boa fita de romance e sensualidade, com alguns momentos mais agitados (Gable participa de alguns duelos, dá alguns tiros, mas nada demais). Um filme para entender melhor a estrela da bela e provocante Lana Turner em seus dias de glória no cinema.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.5

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir