terça-feira, 1 de julho de 2014

Paul Newman - Rocky Graziano

A história do famoso lutador de boxe Rocky Graziano foi adaptada para o cinema para ser estrelada pelo ícone jovem James Dean. Ele inclusive estava empolgado por começar a filmar, a tal ponto de, em uma de suas últimas entrevistas, dizer que via aquele roteiro como um dos melhores já escritos em Hollywood. Era uma grande oportunidade de se desenvolver ainda mais como ator. Dean inclusive lutara para que a Warner o cedesse para fazer o filme na MGM. Quando tudo estava pronto, com a pré produção completamente finalizada, o ator resolveu participar de uma corrida na Califórnia. Seria sua despedida das férias para logo após começar os trabalhos no novo filme.

No meio do caminho, na estrada deserta de Salinas, espatifou seu carro Porsche em um cruzamento. Ali mesmo James Dean, o ator que simbolizava toda a rebeldia jovem do mundo, morreu. A Metro-Goldwyn-Mayer que já havia investido bastante na realização do filme ficou em um dilema. Por alguns meses os executivos ficaram sem saber o que fazer - tentaram convidar Marlon Brando mas esse recusou ao dizer que já havia assinado contrato para a realização de uma outra produção da Fox. A outra boa opção seria Montgomery Clift, mas o sensível ator achou que não seria adequado para o papel. 

Foi então que o diretor Robert Wise sugeriu o nome de Paul Newman. Muitos produtores tinham receio de escalar Newman por causa de seu primeiro filme, o tão criticado "O Cálice Sagrado". Além disso naquela altura ele não tinha um nome forte o suficiente para garantir uma boa bilheteria. Havia porém pontos a favor de Newman, o mais forte deles é que ele também fazia parte da brilhante geração de atores de Brando e Dean e tal como eles era cria do famoso Actor´s Studio. Certamente poderia ser uma ótima solução.

Some-se a isso o fato de que Paul estava esperando há tempos por uma boa oportunidade e aquele script parecia ser uma ótima opção para ele recomeçar tudo de novo, como se fosse do zero. De uma forma ou outra, em uma tarde de setembro de 1955 Newman finalmente foi até a MGM assinar o contrato. Tudo estava certo e ele faria Rocky Graziano em "Somebody Up There Likes Me" que no Brasil receberia o título de "Marcado pela Sarjeta". Seria o começo de uma nova fase de sua carreira no cinema.

Pablo Aluísio.

Um comentário: