domingo, 16 de novembro de 2014

Os Corruptos

Título no Brasil: Os Corruptos
Título Original: The Big Heat
Ano de Produção: 1953
País: Estados Unidos
Estúdio: Columbia Pictures
Direção: Fritz Lang
Roteiro: Sydney Boehm, William P. McGivern
Elenco: Glenn Ford, Gloria Grahame, Jocelyn Brando

Sinopse:
O sargento e inspetor Dave Bannion (Glenn Ford) não mede esforços e nem procura apresentar muitos escrúpulos pessoais e profissionais no que diz respeito ao combate contra a criminalidade. Agora ele está no rastro de uma rede de corrupção envolvendo policiais e gangsters que mantém vários membros da corporação em sua "folha de pagamento". Em pouco tempo ele compreenderá que está dentro de um jogo sujo e sórdido, onde não existe espaço para os grandes valores como a honestidade.

Comentários:
Film-Noir que conta com algumas curiosidades interessantes. Primeiro foi dirigido pelo mestre no gênero, o austríaco radicado nos Estados Unidos, Friedrich Christian Anton Lang (1890 - 1976), ou como ficou conhecido Fritz Lang. O roteiro, como sempre acontecia nesse tipo de produção, procura explorar a essência cruel e sórdida dos seres humanos em geral. Olhando sob um ponto de vista detalhista não existem mocinhos ou bandidos em cena, apenas personagens que se equilibram entre boas e más ações de acordo com suas conveniências pessoais. É curioso também chamar a atenção para o fato que o Noir começava também a apresentar alguns sinais de desgaste, afinal seu auge havia se dado na década anterior. Já nos anos 1950 o público, encantado pelo cinema colorido, já não estava mais tão disposto a assistir filmes com fotografia em preto e branco, onde personagens obscuros desfilavam maldade em cada fotograma, escondidos em sombras e neblinas. O pessimismo e a crueldade inerentes ao homem estavam sendo substituídos por um colorido berrante, em filmes onde os bons era intrinsecamente bonzinhos e o maus eram vilões absolutos. Um retrocesso artístico, certamente. A era do cinza estava chegando ao fim. Assim "The Big Heat" foi um dos últimos exemplares de uma das páginas mais criativas e importantes da história de Hollywood. 

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

3 comentários:

  1. Olá, amigo, O FALCÃO MALTÊS está de volta ao antigo espaço/ blog.
    Vamos voltar a trocar ideias cinéfilas?
    Abraços
    http://ofalcaomaltes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Claro, claro... Obrigado pelo convite e aviso caro colega. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.7

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir