sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Eu Vi Que Foi Você

Título no Brasil: Eu Vi Que Foi Você
Título Original: I Saw What You Did
Ano de Produção: 1965
País: Estados Unidos
Estúdio: Universal Pictures
Direção: William Castle
Roteiro: William P. McGivern, Ursula Curtiss
Elenco: Joan Crawford, John Ireland, Leif Erickson
  
Sinopse:
Duas adolescentes ficam em casa cuidando da irmã mais jovem de uma delas enquanto seus pais vão jantar fora. Para passar o tempo elas decidem dar trotes usando os números de telefone que encontram a esmo numa lista telefônica. A brincadeira consiste em ligar aleatoriamente para as pessoas dizendo a frase: "Eu sei o que você fez e eu sei quem você é!". Numa das ligações elas acabam ligando para um sujeito que acabou de matar sua esposa a facadas. A partir daí o assassino decide ir atrás delas pensando que as jovens sabem mesmo sobre seu crime.

Comentários:
Suspense produzido e dirigido por William Castle, um realizador que ficou bem famoso em Hollywood por causa das inúmeras fitas de terror que produziu. Aqui ele brinca com essa boa ideia envolvendo duas adolescentes bem bobinhas que acabam pagando caro por uma brincadeira que fazem após seus pais saírem para um jantar de negócios. O roteiro é bem simples, mas bem bolado. Uma ideia que seria reciclada muitos anos depois numa série de filmes ao estilo "Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado". Em termos de elenco o destaque vai para a presença da veterana atriz Joan Crawford aqui em seu último filme americano. Com a idade os convites foram ficando cada vez mais raros até que chegou ao ponto em que ela teve que ir para a Europa para continuar trabalhando pois já não recebia mais propostas de Hollywood. Nesse personagem de despedida ela interpreta uma mulher mais velha, solitária e desesperada para conquistar seu vizinho que por acaso é o sujeito que acabou de esfaquear a esposa e que sem querer acaba virando alvo dos trotes das garotas.  William Castle, que não era bobo nem nada, até tentou repetir a famosa cena do chuveiro de "Psicose", sem porém o mesmo impacto. De qualquer maneira é um suspense eficiente que mantém o interesse do espectador até o fim.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

2 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir