segunda-feira, 11 de maio de 2015

Sonho de Amor

Título no Brasil: Sonho de Amor
Título Original: Song Without End
Ano de Produção: 1960
País: Estados Unidos
Estúdio: Columbia Pictures
Direção: Charles Vidor, George Cukor
Roteiro: Oscar Millard
Elenco: Dirk Bogarde, Capucine, Geneviève Page
  
Sinopse:
Biografia do famoso pianista e compositor clássico Franz Liszt (1811 - 1886). Nascido na Hungria o jovem Liszt logo se torna um dos mais celebrados concertistas de Paris. Através de apresentações memoráveis ele vira um astro da música na cidade. Após conhecer uma nobre condessa francesa, Marie D'Agoult (Geneviève Page), ele resolve se casar e se retirar dos palcos, aproveitando seu talento apenas para compor grandes peças clássicas. A vida fora do palco porém não lhe traz felicidade. Isolado, ele decide retornar para um concerto em Paris, mesmo contra a vontade da esposa. Depois atendendo a pedidos de uma nobre russa, a princesa Carolyne Wittgenstein (Capucine), resolve ir até a Rússia para se apresentar ao próprio Czar em pessoa. A viagem porém acaba despertando o amor entre ele e a princesa. O problema é que ambos são casados, o que desencadeia um grande escândalo em toda a Europa. Filme vencedor do Oscar na categoria de Melhor Música (Morris Stoloff e Harry Sukman). Filme vencedor do Globo de Ouro na categoria Melhor Filme - Musical.

Comentários:
Belo romance histórico que mostra uma fase particularmente complicada na vida do celebrado maestro e pianista clássico Franz Liszt (Dirk Bogarde). Ele tinha tanto talento para fazer concertos maravilhosos como para se envolver em problemas pessoais fora dos palcos. Um romântico incurável que acabou se envolvendo em um grande escândalo pessoal quando se apaixonou por uma princesa russa casada com um dos homens de confiança do Czar. A questão é que o próprio Liszt também era casado com uma condessa francesa, tinha dois filhos e muitos problemas em sua vida amorosa. Seu casamento não era feliz, pois sua esposa considerava a profissão de pianista pouco segura e de certa maneira em sua visão nobre e esnobe, tinha certa vergonha do marido ser um músico. Preconceitos da época. Assim tentou transformar Liszt em um compositor de renome, ficando fora dos palcos, algo que ela também considerava indigno. Pressionado por essa visão mesquinha da mulher ele acabou encontrando sua alma gêmea em uma princesa russa (interpretada pela bela atriz Capucine). Infelizes em seus respectivos casamentos tentaram de todas as formas lutar por esse amor, mas era uma situação considerada extremamente escandalosa pela sociedade da época. Em um tempo em que o divórcio não era aceito nem pelas autoridades públicas e nem pela Igreja, Franz Liszt e sua amada Carolyne Wittgenstein tiveram então de ir contra tudo e contra todos para concretizar sua paixão. Além de ter uma trama muito bem escrita o filme também se destaca pelas excelentes cenas musicais. O ator Dirk Bogarde tinha certa formação musical, mas jamais poderia tocar com as próprias mãos as complicadas peças de Liszt ao piano. Assim acabou sendo dublado por um especialista. Isso porém jamais transparece em cena pois ele demonstra grande talento em "dublar" muito bem os concertos. A direção de arte é primorosa e a reconstiuição de época magistral. Filmado em Vienna, na Austria, o filme é uma maravilhosa fusão de música clássica com cinema clássico. Uma bela obra cinematográfica com muito estilo, elegância e finesse. Um show de cultura para o público em geral. 

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★★
    Elenco: ★★★★
    Produção: ★★★★
    Roteiro: ★★★★
    Cotação Geral: ★★★★
    Nota Geral: 8.6

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Um drama interessante, sofisticado. O Bogarde está ótimo, mas a Capucine sempre decepciona.

    ResponderExcluir
  3. Capucine era uma bela mulher, mas não uma grande atriz.

    ResponderExcluir