terça-feira, 19 de abril de 2016

Ronald Reagan - De Hollywood para a Casa Branca

Um dos casos mais curiosos da história de Hollywood foi a própria história do ator Ronald Reagan. Esse foi o único caso da história americana em que um ator de cinema conseguiu se tornar Presidente dos Estados Unidos! Reagan nasceu em uma família tradicional de uma pequena cidade de Illinois. Seus pais tinham o sonho dele um dia se formar numa profissão tradicional como advogado ou médico, mas Reagan resolveu ir atrás de seus sonhos. Ele queria ser artista, ser ator de cinema. Para isso resolveu mudar para a Califórnia. Em 1937 ele apareceu em seu primeiro filme de Hollywood, "Love Is on the Air", um drama romântico convencional. Não chamou muito a atenção, mas pelo menos deu o primeiro passo.

Reagan sentia-se feliz simplesmente pelo feito de conseguir trabalhar naquilo que amava pois desde jovem ele era um cinéfilo apaixonado pela sétima arte. No começo o ator ganhou papéis por causa de sua altura e sua pinta de galã. Ele próprio não se considerava um grande ator pois de certa maneira até concordava com os críticos que diziam que ele não passava de um canastrão esforçado, mas isso era o de menos. Só o fato de ser um ator já o deixava feliz. Por essa época ele mal poderia acreditar que iria atuar em mais de 80 filmes ao longo de sua carreira. Era realmente algo inacreditável para quem chegara na capital do cinema sem grandes ambições a não ser aparecer em alguns filmes para mostrar aos seus amigos em sua terra natal.

Aos poucos melhores personagens foram surgindo principalmente depois que passou a contar com o apoio dos diretores de elenco da Warner Bros. Reagan sempre procurava interpretar o americano tradicional nas telas. Suas escolhas se revelaram perfeitas e muito bem sucedidas. A partir de "A Estrada de Santa Fé" Reagan finalmente encontrou o caminho do sucesso, interpretando o lendário General Custer da Sétima Cavalaria. Depois desse filme Reagan fez uma sucessão de filmes de faroeste e guerra, sempre intercalados. Ora surgia no velho oeste, ora nos campos de batalha. Seu nome foi ficando popular, mas não a ponto de o transformar em um astro de primeira grandeza. De certa maneira a partir dos anos 50 Reagan foi percebendo que sua carreira se resumia a ser um coadjuvante de luxo.

Assim o mundo da política lhe parecia muito promissor. Ele era filiado ao Partido Republicano e com o tempo foi abrindo espaço para si mesmo. Se tornou, ainda bastante jovem, o Presidente da Academia de Hollywood. Seus esforços ajudaram na consolidação do Oscar como fenômeno da mídia e não apenas como um prêmio restrito aos profissionais da área. Confiante que poderia vencer nas urnas ele lançou-se candidato a vários cargos, tendo o seu auge quando venceu as eleições para governador da Califórnia. Ali Reagan pensava ter atingido o auge de sua vida como político. Se candidatar a presidente era algo impensável, mas Reagan pagou para ver! E não é que ele foi realmente eleito! E não apenas uma vez, mas duas! Fez um bom governo, sempre lembrado pela estabilidade na economia e no crescimento de seu país. Quem diria que aquele ator nem tão conhecido de filmes B chegaria tão longe...

Pablo Aluísio.

4 comentários:

  1. Cinema Clássico - Pablo Aluísio
    Ronald Reagan - De Hollywood para a Casa Branca
    Todos os Direitos Reservados.

    ResponderExcluir
  2. É impagável a cara que faz Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd),do filme De Volta Para o Futuro, em 1955, quando Marty McFly (Michael J. Fox) fala que o Ronald Regan era o presidente dos Estados Unidos em 1985.

    ResponderExcluir
  3. Realmente impagável... rsrsrs
    Então o ator canastrão de inúmeros filmes B tinha se tornado presidente dos Estados Unidos?! Absurdo... absurdo...

    ResponderExcluir
  4. Vc falou que ele fez um bom governo, olhe quando tinha 11 anos pensei que ele tinha feito um bom governo, mas quando tomei conhecimento do NEOLIBERALISMO introduzido por ele e a Margaret Thacther, foi o total desmonte do bem-estar social. Uma completa tragédia.

    A saída dele de Hollywood foi porque os estúdios não estavam mais interessado nele que ira um canastrão igual a John Wayne.

    ResponderExcluir